Oficina de motas em Lisboa

Oficina Motas Lisboa.

Localizada no centro de Lisboa, próximo das Chaves do Areeiro. Link

A oficina encontra-se aberta de 2ª a 6ª das 9-18h.

Oficina motas Lisboa

Oficina de motas localizada em Lisboa

A MotoFix é uma oficina de motas localizada em Lisboa.

Fazemos manutenção geral de todo o tipo de motas.

  • Manutenções periódicas
  • Reparação de motores
  • Manutenção de suspensões
  • Reparações elétricas
  • Reparação de carenagens
  • Troca de Pneus
  • Mudança de pastilhas de travão
  • Troca de baterias

 

A oficina localiza-se em Lisboa, no Areeiro.

 

 

Como agendar revisão?

Para agendar revisão da sua mota, pode contactar-nos para o contacto 928 151 077 ou enviar mensagem pelo Whatsapp para o mesmo número.

Clicar para abrir – Chat Whatsapp

Oficina Motas Lisboa
Oficina Motas Lisboa
Oficina Motas Lisboa

Manutenção preventiva da mota

Manutenções periódicas preventivas

Todos os veículos necessitam de manutenções específicas, com datas definidas pelo seu fabricante.
Esta manutenção é importante pois contribui para a redução de falhas e eventuais avarias do veículo.
Uma das principais causas de avarias de carros e motas enquanto circulam provém exatamente do facto de serem ultrapassadas estas datas definidas para manutenções dos veículos.
Muito importante ouvir também as indicações da sua oficina, pois estas datas das revisões podem mudar consoante o tipo de uso do veículo.

 

Confirme com a sua oficina as datas das revisões

Um exemplo, será a data de revisão periódica definida nas scooters 125 (marca não referida). No manual de revisões, vem indicado que terá de ser aos 1000 km, e depois de 6 mil em 6 mil km.

Não contempla no entanto que estes veículos são principalmente utilizados como ferramenta de trabalho dos estafetas para delivery, o que se traduz numa utilização mais agressiva das motas durante longos períodos de tempo o que faz com que tenham de trocar o óleo de motor aos 3000km.

Sim, exatamente, é incrível que seja em metade do tempo, mas é uma chamada de alerta para não levarmos como garantido o que está no manual.

Manutenção corretiva da mota

Manutenção Corretiva

Este tipo de manutenção tem o objectivo de, como o próprio nome indica, corrigir algum problema e/ou falha que o veículo esteja a apresentar.
É muito importante distinguir o tipo de falha que esteja a ocorrer com o veículo.

Distinguimos aqui dois tipos, a falha potencial e a falha funcional.

Se for uma falha potencial ela normalmente acontece numa fase inicial, e o veículo pode continuar a desempenhar a sua função e a circular. Um exemplo de falha potencial é a bateria fraca, quando a mota tem dificuldade em ligar devido à fraca potência que chega ao motor de arranque. Pode ser contornado temporariamente, no entanto a bateria vai continuar debilitada.
Outro exemplo é a vela de ignição muito suja. A mota pode até ligar, no entanto a pouco e pouco vai dar sinais de que a ignição não está a ser feita como deve ser.
Portanto algum destes dois exemplos, mostram que a Primeira coisa a fazer caso haja algum sinal de falha potencial, será passar pela oficina e fazer um diagnóstico prévio do que poderá ser o problema.

A falha funcional, será por exemplo um pneu furado, é fácil de analisar qual o problema e ela limita a funcionalidade dessa peça e do uso da mota.

Teorias à parte, a oficina e mecânicos devem ser da sua confiança e é bom criar uma relação próxima, pois em qualquer altura será necessário realizar uma destas manutenções.

A mota não pega, e agora ?

Esta é uma das causas que muito chegam às oficinas de motas.

Deve ser feita uma triagem antes de se enviar a mota para a oficina, pois há problemas simples de resolver que não exigem conhecimentos técnicos.

Deixamos aqui uma lista de possibilidades que podem estar na causa da mota ter deixado de funcionar.

A mota tem falta de combustível

Por incrível que pareça, com a pressa do dia a dia acontece pensarmos que o veículo tem combustível e afinal de contas o tanque estava vazio. Sem combustível o motor não vai funcionar, ao tentar ligar vai ouvir o motor de arranque a girar o motor, no entanto como não há explosão, o motor não “arranca”.

As motas com injector eletrónico precisam de mais combustível no tanque do que as carburadas, pelo que deve ter-se em conta sempre o nível de combustível.

A bomba de combustível deixou de funcionar

Se o combustível não chega ao motor, apenas a faísca não cria a explosão, pelo que pode ser uma das causas da mota não pegar. Caso saiba utilizar o multímetero, pode utilizar essa ferramenta para medir a tensão da bomba, deverá estar entre os 12V e 12,8V.

Bateria e alternador

Caso a mota não tenha bateria, não há como fazer chegar a energia à ignição e compromete o funcionamento do motor.

O alternador também pode não estar a converter energia do motor para a bateria e consequentemente a bateria “morre” passado algum tempo.

Mau funcionamento dos cabos da Vela

Caso estes cabos apresentem desgaste podem não deixar passar a corrente de forma correta. Vai comprometer o funcionamento do motor.

Carburador sujo ou entupido

Muito comum neste tipo de motores mais antigos é o entupimento dos carburadores. Deve ser feita limpeza regular com gasolina e é um serviço especializado que deve deixar com a oficina da sua mota.

Problemas de compressão do motor

Consultando o manual do proprietário é possível vermos o nível de compressão do motor.

Há medidores específicos nas oficinas.

 

Em resumo

Em alguns casos, o proprietário poderá conseguir resolver o problema em casa, noutros será melhor levar a mota a uma oficina.

Se não tem experiência com mecânica de motas, aventurar-se no diagnóstico sozinho acarreta alguns riscos que não deve correr.

Na MotoFix Lisboa estamos disponíveis para o atender e tirar as suas dúvidas sobre a manutenção preventiva da sua mota e também da correctiva.

Aqui encontra a lista dos nossos serviços (link nova tab).

O nosso contacto preferencial é por chamada para 928 151 077 ou mensagem WhatsApp para o mesmo número.